Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A minha última experiência!

A minha última experiência!

Introdução....

Este espaço irá falar da minha jornada em território Alemão(ui, vai ser tão novela)!

 

Tudo começou há 4 anos e qualquer coisa, vim eu de Portugal (mais precisamente Albufeira) para a Alemanha, na esperança de uma vida melhor, o que com 20 anos é de se louvar. 

Vinte anos.... Ai como não sabemos nada nessas idades, pensamos que sabemos tudo, enfim... 

Como estava a dizer, vim para a Alemanha trabalhar numa Gelataria, sim porque é muito fácil vir para cá trabalhar num sitio desses. Nenhum Alemão o faz, agora pensem!

Infelizmente não conclui os estudos e deparado com uma oferta generosa (pensava eu) não hesitei. Não me arrependo, nada disso, mas daí sobressai um dos maiores defeitos do ser humano, a ganância

Felizmente não emigrei como se coustuma dizer, "cair de paraquedas", fui com conhecimento (ainda pior), e claro está influenciado por pessoas da minha familia que lá tinham trabalhado. Só que antigamente (antes do Euro) apesar de se fazerem sacrificios como agora, a moeda valia muito mais, as coisas eram mais baratas e o patrão pagava melhor. 

Hoje em dia a realidade é um bocado diferente, mas já lá iremos...

Tomar uma decisão destas é dizer até já a muita coisa. Inicialmente não dá para pensar muito nisso, mas com o passar do tempo veêm as saudades, as duvidas... Emigrar é para os fortes, e só os fortes conseguem! 

Lá fui eu de avião (Air Berlim), a minha primeira viagem de avião, e diga-se que não foi muito agradável. Aquela sensação de que quando levanta voo já não podemos mandar aterrar é horrivel, é rezar para que corra bem! Não consegui disfrutar muito da viagem, pois sou um bocado nervoso e numa situação nova muito mais. 

Finalmente em terras Germânicas, lá estavam os meus futuros patrões à minha espera, como era de noite, não deu para ir vendo nada de jeito enquanto iamos até casa, tive então de esperar até ao dia seguinte para poder vislumbrar o que para mim iria ser uma bela novidade. Campo, não estava nada à espera de tanta verdura. Campos cultivados e bem tratados, Quintas, tractores... Tudo aquilo que nunca pensei, alias tinham-me dito, mas não imaginava assim. 

A primeira impressão foi boa, e depois veio o local de trabalho. 

Entrei num dos sitios que mais alegria e tristezas me proporcionaram!

Comi o meu primeiro gelado, um spaghetti eis, e foi delicioso. Eu tinha pedido um outro, mas o esparguete tinha ido enganado para uma mesa e então aproveitaram e "espetaran-no lá", e eu contente comi..

Mas aquilo era estranho, não tinha um ambiente muito familiar, as pessoas falavam mal (tipo em cada 3 palavras, 2 eram palavrões), olhavam de lado... Ok podia ser da minha cabeça um sinal de que deveria voltar o mais rápido possivel para Portugal, ou então não, podia ser só como que um ritual de boas vindas ao estilo do reino animal!

Que nervoso miudinho que foi a primeira noite. Pelo que me lembro fumei um maço de tabaco com o sistema nervoso a disparar. Na minha cabeça já só via aqueles olhares, e a possibilidade de ser tudo muito mau! 

Felizmente para mim foi tudo como esperava, ou seja do pior que poderia haver, sim porque raramente me engano seja sobre o que for! Felizmente, porque tudo veio fortalecer o meu psicológico!

 

Continua...

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D